Inscreva-se
Conheça nossos cursos

Cursos de graduação EAD

Biomedicina Estética: o que é, como aprender e salário

Enem

O que são níveis tróficos? [Biologia no Enem]

Cursos de graduação EAD

Biomedicina Estética: o que é, como aprender e salário

Por EAD UNIFSA em May 25, 2021 12:00:00 AM | 13 min de leitura

A procura por procedimentos estéticos nunca para de crescer. Não é à toa que a biomedicina estética é uma das áreas mais procuradas por quem quer trabalhar no ramo da beleza.  

Preenchimento labial, harmonização facial, peelings, são inúmeros os procedimentos que levam as brasileiras aos consultórios.  

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), de 2014 a 2019, o mercado da estética cresceu 567% no Brasil.   

O mesmo levantamento aponta que no período o número de profissionais da área aumentou de 72 mil para mais de 480 mil.   

Os dados demonstram que a estética é das áreas que mais cresce na atualidade, sendo uma ótima opção de carreira profissional.   

Existem diversas formações que podem encaminhar os profissionais para área da estética, como cursos técnicos e graduações.   

Para quem busca um conhecimento mais completo e abrangente, a graduação em biomedicina é a que oferece as melhores possibilidades.  

Neste artigo, vamos falar mais sobre biomedicina estética, explicando o que é, como trabalhar na área e a remuneração.   

Confira: 
O que faz um biomédico? 
O que é biomedicina estética? 
Como se tornar um profissional de biomedicina estética? 
Por que não fazer um curso de estética?  
Quanto ganha um profissional de biomedicina estética? 
Conclusão 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O que faz um biomédico? 

O biomédico é o profissional da saúde que estuda o organismo humano e investiga as causas de diversas doenças.  

Seu conhecimento sobre o corpo humano abarca tanto aspectos estruturais, como células, tecidos e órgãos, quanto funcionais, identificando os agentes que causam desequilíbrios no organismo  como vírus e bactérias, por exemplo.   

Esse profissional trabalha muito com análises e pesquisa, buscando soluções e caminhos para a produção de medicamentos ou vacinas.    

O biomédico não pode realizar cirurgia ou prescrever medicamentos, mas realiza pesquisas e testes laboratoriais necessários para detectar, prevenir ou buscar uma cura para diversas doenças.  

Com o conhecimento abrangente sobre o funcionamento e estruturas do corpo humano, o biomédico possui uma variedade de áreas de atuação profissional.   

Ele pode trabalhar em hospitais, clínicas, indústrias e laboratórios. Atualmente, existem 31 especialidades reconhecidas pelo Conselho Federal de Biomedicina. Confira algumas delas:  

  • Acupuntura – Utiliza várias técnicas que podem ser usadas para reforçar o sistema imunológico;  
  • Banco de Sangue – Assume e executa o processamento de sangue, suas sorologias e exames pré-transfusionais;  
  • Biologia Molecular – Atua na coleta, na análise, na interpretação, na emissão e na assinatura de laudos e pareceres técnicos via análise de DNA; 
  • Biomedicina Estética – Promove o bem-estar físico e estético dos pacientes e realiza procedimentos preventivos do envelhecimento fisiológico do organismo;  
  • Farmacologia – Estuda os efeitos de substâncias químicas sobre a função dos sistemas biológicos, fundamentalmente dependente da interação droga/organismo;  
  • Genética – Realiza análises relacionadas, assume responsabilidade técnica, firma os respectivos laudos e atua no aconselhamento genético;  
  • Imunologia – Trabalha com pesquisas especializadas, buscando o desenvolvimento de novas terapias ou técnicas de diagnóstico com base em dados clínicos;  
  • Patologia Clínica (Análises Clínicas) – Coleta, analisa, interpreta, emite e assina laudos laboratoriais;  
  • Toxicologia – Estuda evidências que permitem a identificação da presença de substâncias químicas (agente tóxico) na investigação criminal.  

Com os conhecimentos adquiridos sobre o organismo humano, o biomédico tem a possibilidade de se especializar em qualquer uma das áreas acima, inclusive biomedicina estética.  

O que é biomedicina estética? 

A biomedicina estética é uma área de especialização para os biomédicos que desejam trabalhar com procedimentos estéticos  

Esses profissionais buscam aumentar a autoestima e o bem-estar físico de seus pacientes através de diversas técnicas estéticas.   

Segundo o Conselho Federal de Biomedicina, esses profissionais podem fazer procedimentos variados, prescrever medicações com finalidade estética e realizar avaliações e consultas.   

Os biomédicos esteticistas podem trabalhar tanto em clínicas particulares quanto em laboratórios.   

Além de realizar diretamente procedimentos estéticos, esse especialista também pode atuar na área da pesquisa, produzindo novos dermocosméticos e desenvolvendo novos procedimentos.   

Todas essas atividades devem ser exercidas respeitando os limites impostos pela lei. Além disso, é comum que os biomédicos atuem em conjunto com outros profissionais, como dermatologistas, por exemplo.

Como se tornar um profissional de biomedicina estética?

como-se-tornar-um-profissional-de-biomedicina-estetica - mão segurando seringa e aplicando algo no rosto de uma mulher

O primeiro passo para entrar nesse ramo é cursar uma graduação em biomedicina. No entanto, é importante pontuar que apenas a graduação não habilita os profissionais para atuar na área da estética.  

Resolução nº 200, de 1º de julho de 2011, do Conselho Federal de Biomedicina, regulamenta e estipula os requisitos necessários para que os biomédicos atuem na área da estética.   

Esses profissionais devem ter os seguintes conhecimentos: 

1 - Eletroterapia, Ultrassom Estético, Iontoforese, Radiofrequência Estética 

2 - Laserterapia, Luz Intensa Pulsada e LED 

3 - Peelings químicos e Mecânicos 

4 - Cosmetologia 

5 - Carboxiterapia 

6 - Intradermoterapia  

Além disso, é essencial que os biomédicos tenham certificado ou diploma com título de especialista em estética, obtido ou reconhecido pela Associação Brasileira de Biomedicina. Certificados de pós-graduação (Lato ou Stricto Sensu) na área da estética também servem para comprovar.    

Para ser tornar um profissional de biomedicina estética, é essencial continuar os estudos após a graduação.  

graduação em biomedicina confere os conhecimentos indispensáveis sobre o funcionamento do corpo humano. No entanto, apenas uma especialização na área de estética pode habilitar os profissionais para exercerem plenamente as atividades do ramo.  

Por que não fazer um curso de estética? 

Agora que você já conhece os requisitos e caminhos para se tornar um biomédico estético, a seguinte pergunta pode vir a sua mente: por que não fazer apenar um curso de estética?  

Os cursos técnicos podem parecer uma boa opção para quem busca um caminho rápido para atuar na área da estética.   

No entanto, esses cursos oferecem conhecimentos limitados sobre o funcionamento do organismo humano, o que restringe as possibilidades de atuação profissional.   

Os biomédicos, com as habilidades adquiridas na graduação, possuem uma gama maior de conhecimento, o que permite que realizem diversas categorias de procedimentos estéticos.   

Investir na graduação de biomedicina pode ser o melhor caminho para quem busca uma formação e atuação profissional completa e abrangente.

>>> Faculdade EAD é uma boa? Veja 8 dúvidas comuns sobre estudar a distância

Quanto ganha um profissional de biomedicina estética? 

Segundo o Educa Mais Brasil, o salário médio de um profissional de biomedicina é R$ 2.297,56. A remuneração está muito relacionada ao nível de experiência dos profissionais, confira:   

  • JÚNIOR: R$ 1.563 a  R$ 2.641 
  • PLENO: R$ 1.953 a R$ 3.301 
  • SÊNIOR: R$ 2.442 a R$ 4.127  

Esses valores não consideram as especificidades de cada área de atuação. O ramo da estética, como vimos no início do texto, é um dos de maior crescimento no Brasil.   

Conforme o portal Glassdoor, um biomédico especializado em estética pode ganhar até R$ 4.000 por mês.  

Conclusão 

Neste artigo, conhecemos mais sobre biomedicina estética, abordando questões como requisitos para atuar na aérea e remuneração.   

No Brasil, o ramo da beleza e estética é muito valorizado. Em função disso, os profissionais que atuam nessa área encontram um mercado aquecido e com muitas oportunidades de crescimento.  

Se você se interessou pela área, venha conhecer nosso curso de Biomedicina Semipresencial  

A graduação é o primeiro passo para se tornar um biomédico especializado em estética.  

E fica a dica: temos ofertas de bolsas imperdíveis. Confira aqui! 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

Cursos de graduação EAD

Veja mais conteúdos da UNIFSA sobre EAD e educação

Acelere sua carreira em TI com um curso de telecomunicações

Você já pensou em aprofundar seus conhecimentos em TI (Tecnologia da Informação) com um curso de telecomunicações? A ...
8 min de leitura

Por que o curso de rede de computadores EAD fará você se destacar

Já pensou em cursar algo que permite uma atuação técnica ligada à tecnologia? Então, conheça o curso de Rede de ...
16 min de leitura

Engenharia de produção: salário, mercado de trabalho e carreira

Você sabe qual o salário da engenharia de produção?
8 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Cursos de graduação EAD