Inscreva-se
Conheça nossos cursos

Ferramentas de estudo

O que é uma metodologia ativa e como ela melhora o ensino-aprendizagem

Mercado de Trabalho

8 empresas que se destacam no mercado com ações socioambientais

Ferramentas de estudo

O que é uma metodologia ativa e como ela melhora o ensino-aprendizagem

Mariana Bortoletti
Por Mariana Bortoletti em Nov 1, 2021 10:48:35 AM | 14 min de leitura

Já faz algum tempo que o método de ensino tradicional está sendo visto como antiquado e que instituições de ensino buscam maneiras de modernizar esse processo e tornar o aluno mais participante. Esse é o objetivo de uma metodologia ativa. 

Dentro desse conceito, o aluno não é apenas um ouvinte em sala de aula, absorvendo tudo o que escuta e sendo testado depois de algumas semanas. Em uma metodologia ativa, o aluno é protagonista de seu próprio aprendizado, o que torna seu dia a dia na escola mais interessante.

New call-to-action

Neste artigo, nós vamos explorar o que é uma metodologia ativa, como ela funciona na prática, como professores e escolas podem adotá-las e quais são os melhores modelos para aplicar em sala de aula. 

Você vai conferir: 

O que é uma metodologia ativa 
Como aplicar uma metodologia ativa na escola 
Quais são os benefícios de aplicar uma metodologia ativa em sala de aula 
As metodologias ativas no EAD 
Conclusão 

O que é uma metodologia ativa 

Uma metodologia ativa é um processo de ensino que coloca o aluno como protagonista de sua própria aprendizagem.

A ideia é tornar o processo mais atraente, especialmente porque estamos vivendo um momento em que a capacidade de atenção do aluno é curta e seletiva. 

Ensinar crianças e adolescentes nos dias de hoje com métodos tradicionais acaba por fazer muitos alunos dispersarem e darem pouco valor às lições do professor. 

Por isso, uma das soluções para trazer a atenção dos alunos de volta para a sala de aula é a aplicação de metodologias ativas nas atividades do dia a dia. Elas ajudam a passar o conteúdo, despertando a vontade do aluno de aprender e trazendo-o para um papel mais ativo. 

Uma metodologia ativa, portanto, é uma maneira de tornar o aluno um agente ativo de seu próprio aprendizado e tirá-lo da zona de ouvinte utilizando jogos, estudos de caso, projetos e até aplicativos para isso. 

Porém, apesar de poder utilizar computadores e a internet, as metodologias ativas não necessariamente utilizam tecnologia.

A ideia central é modificar o modelo de apresentação de conteúdos e isso pode ser feito, em alguns casos, apenas transformando os papeis dos envolvidos. 

Qual é a diferença de uma metodologia ativa para um método tradicional 

No método tradicional de ensino, o professor tem um papel mais alto no nível hierárquico. É ele quem dita a matéria do dia, quem aplica as provas e quem fala na maior parte do tempo. Enquanto isso, o aluno é o ouvinte passivo. 

Dentro da hierarquia de sala de aula tradicional, o aluno absorve e memoriza a lição dada pelo professor e, depois de algumas semanas, faz uma prova ou apresenta um trabalho para testar o que aprendeu. 

A grande diferença entre uma metodologia ativa e o método tradicional, então, é a transformação no papel de cada agente no processo de aprendizagem.

o que é uma metodologia ativa - professor dando aula de química para alunos

Como fica o papel do aluno, do professor e da sala de aula nas metodologias ativas 

Dentro das metodologias ativas de aprendizagem, o aluno é peça-chave. 

Estamos vivendo um momento da comunicação e mídias na qual não faz mais sentido deixar que o aluno tome apenas o papel de ouvinte passivo quando ele, claramente, é a voz ativa em outros ambientes. Por exemplo, nas redes sociais e em jogos de computador. 

Por isso, o papel do aluno dentro das metodologias ativas é de aprendiz, de alguém que será guiado pelo caminho do conhecimento, mas que tem um papel ativo de pesquisa, leitura e questionamento. 

Nessa equação, o professor é o guia, aquele que vai mostrar o caminho e indicar os melhores conteúdos, que vai guiar o estudo e os métodos, mas também deixar espaço para o aluno explorar. 

Já a sala de aula deixa de ser um local hierárquico e restritivo, onde o único lugar que compete ao aluno é sua carteira, para ser um ambiente de colaboração. 

A ideia de um mobiliário escolar mais flexível e menos rígido é interessante para permitir que haja movimento dentro da sala de aula. A ideia é deixar a rigidez para trás em busca de uma melhor dinâmica e um aprendizado que fique para sempre com o aluno. 

Como aplicar uma metodologia ativa na escola 

O primeiro passo para começar a aplicar uma metodologia ativa na escola é entender os papeis dos envolvidos. Professores são guias e mediadores, alunos são aprendizes e a sala de aula é o espaço que permite a autonomia dos alunos e a interação. 

Em seguida, você pode escolher determinados assuntos para serem trabalhados usando uma metodologia ativa.

6 exemplos de metodologia ativa 

Para que seja exercitada a autonomia do aluno e o aprendizado guiado pelo professor, estas são ótimas alternativas à aula expositiva tradicional: 

Sala de aula invertida 

Nesta metodologia, o aluno tem acesso ao conteúdo que será estudado em aula antes da aula em si. A ideia é que, neste formato, ele já venha preparado com observações e questionamentos de casa, pronto para tirar suas dúvidas em sala de aula. 

É importante dizer também que a ideia não é que o aluno chegue em casa cheio de leituras para fazer, mas que consuma o assunto em materiais diversificados e interessantes. Algumas ideias são vídeos, imagens e outros recursos que criem curiosidade. 

Resolução de problemas 

Trabalhar com a resolução de problemas é uma maneira de fazer com que haja colaboração entre os alunos e incentivo ao pensamento crítico. Nesta abordagem, eles também levam materiais de estudo para casa, mas esses materiais são baseados em um problema específico. 

No dia em que o problema será discutido em aula, os alunos deverão conversar entre si e utilizar recursos como livros e computadores para explorar o problema e suas possíveis soluções. O papel do professor nessa atividade é o de monitoramento e auxílio. 

Aprendizagem baseada em projetos 

Essa metodologia é bastante parecida com a resolução de problemas, porém é voltada para o campo mais prático. 

Nela, os alunos precisam trabalhar juntos em seu projeto para encontrar uma solução tangível. Aqui, o papel do professor também é de monitor e apoiador, aquele que vai poder apontar o que está certo e errado, mas sem tirar o papel de protagonista dos alunos.

o que é uma metodologia ativa - Como aplicar uma metodologia ativa na escola

Estudos de caso 

A metodologia ativa do estudo de caso também é similar à resolução de problemas, mas aqui o professor apresenta um problema do mundo real. O aluno, então, precisa fazer uma investigação por conta própria e isso acaba gerando discussões e troca de experiências. 

No final, os alunos terão feito uma boa análise do caso, sobre suas razões e consequências, ajudando-os a levar esse aprendizado para a vida real.

Aprendizagem entre pares e times 

Esta é uma metodologia ativa que pode ser usada em conjunto com as apresentadas anteriormente. Isso porque ela é uma maneira de explorar e incentivar a colaboração em times e pares para a resolução de problemas, projetos ou estudos de caso. 

A ideia é desenvolver a capacidade do aluno de trabalhar em equipe, ter escuta ativa e aprender a decidir. 

Gamificação 

E por último, nós temos a gamificação. Esta é uma metodologia ativa que se baseia em utilizar jogos para incentivar um aluno a interagir com um conteúdo e se envolver em uma tarefa. 

A gamificação na educação traz características dos jogos como os feedbacks constantes, recompensas e a evolução de um nível para outro. Entre os benefícios estão o estímulo ao protagonismo, maior absorção de conteúdo e melhoria de desempenho.

As metodologias ativas na educação infantil 

É interessante falarmos sobre a aplicação de metodologias ativas na educação infantil porque as crianças já estão em contato com esses modelos desde o nascimento. Isso acontece através de brincadeiras, conversas entre pais e bebês e contação de histórias. 

Por isso, continuar esse processo na escola traz muitos benefícios. O baque entre metodologias não acontece com a mesma força para a criança e seu aprendizado acaba tomando um caminho continuado, ampliando a interação com os colegas e o pensamento crítico. 

Quais são os benefícios de aplicar uma metodologia ativa em sala de aula 

Os benefícios da utilização de uma metodologia ativa em sala de aula são diversos, especialmente porque influenciam no desenvolvimento social do aluno e em sua percepção de si próprio. 

Entre os benefícios para os alunos, nós podemos citar: 

  • Adquirir maior autonomia sobre atividades e decisões; 
  • Desenvolver confiança em si próprio e em suas ações; 
  • Enxergar o aprendizado como algo divertido, não apenas como obrigação; 
  • Saber como resolver problemas; 
  • Entender como se tornar um profissional mais qualificado e valorizado; 
  • Ser protagonista de seu aprendizado para toda a vida. 

Já os benefícios que tangem os professores e instituições, podemos citar: 

  • Alunos ficam mais satisfeitos com a sala de aula e o ambiente escolar; 
  • Existe maior valorização da escola por parte do aluno; 
  • Aumento na captação e retenção de alunos; 
  • Melhora na percepção da escola pela sociedade. 

Além disso, a adoção de metodologias ativas na aprendizagem funciona como um bom treinamento para o que é esperado de uma pessoa em sua vida adulta. Elas ajudam a preparar o aluno para o mercado de trabalho, onde os benefícios citados são competências comportamentais desejadas.

o que é uma metodologia ativa - Quais são os benefícios de aplicar uma metodologia ativa em sala de aula

Metodologias ativas no EAD 

Como você já deve ter percebido até aqui, não é apenas no ensino presencial e em escolas que as metodologias ativas poder ser utilizadas e são benéficas. O EAD já utiliza algumas delas e pode tirar muitas vantagens de seus métodos para melhorar o processo de aprendizagem dos alunos. 

Isso porque as videoaulas e outros métodos dependem da adaptação do professor como mediador e guia, e especialmente da participação ativa do aluno em seu próprio aprendizado.

Conclusão 

Chegando ao fim deste artigo, esperamos que você tenha conseguido entender o que é uma metodologia ativa, como aplicar cada modelo em sala de aula e quais são os benefícios que elas trazem para alunos e professores. 

E se você quiser ler um pouco sobre o universo da pedagogia e do EAD, confira estes artigos: 

Pedagogia EAD: 6 motivos para investir nesse curso 

Dia mundial da Educação: reflexões e perspectivas do EAD 

Ferramentas de estudo

Veja mais conteúdos da UNIFSA sobre EAD e educação

Aumente sua produtividade com o método pomodoro de estudo

Ser produtivo não é uma tarefa fácil. Durante os estudos, ou até mesmo no trabalho, para muitas pessoas, manter o foco ...
11 min de leitura

Como treinar redação para Enem e vestibular? Sites, apps e dicas

Você vai prestar vestibular ou Enem e não sabe como treinar redação? A redação é uma das maiores preocupações de todo ...
10 min de leitura

3 dicas de português para vestibular: afim ou a fim, haver ou a ver e onde ou aonde

Escrever bem, de forma correta e sem erros, para muitos ainda pode ser um desafio. E é normal ter dificuldades, uma vez ...
12 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Ferramentas de estudo