Inscreva-se
Conheça nossos cursos

Cursos de graduação EAD

Serviço social EAD: conheça o curso e a profissão

Enem

O que são níveis tróficos? [Biologia no Enem]

Cursos de graduação EAD

Serviço social EAD: conheça o curso e a profissão

Por EAD UNIFSA em May 11, 2020 12:00:00 AM | 10 min de leitura

Quando falamos de profissões que estão inteiramente ligadas ao bem-estar coletivo, é comum lembrarmos de médicos, bombeiros, policiais e/ou advogados. Mas nos esquecemos de um profissional tão importante quanto: o assistente social. O curso EAD de Serviço Social é considerado um dos mais indicados para quem sonha trabalhar em prol da sociedade, já que, por meio de ações de políticas sociais, é possível influenciar positivamente a vida de muitas pessoas.

A carreira do assistente social é bastante respeitada na sociedade, justamente por trabalhar com o indivíduo mais necessitado, aquele que geralmente não tem recursos próprios para se proteger e viver de forma digna. Essa especialização surgiu no Brasil há muitos anos, aproximadamente em 1930, e foi de suma importância para a história político-social do país.

Neste texto, vamos abordar as principais características do serviço social: seu contexto histórico, o papel do assistente na sociedade, as principais oportunidades de mercado e as vantagens da graduação a distância para a sua formação. 

Comece sua graduação EAD agora mesmo! Inscreva-se grátis.

O curso de serviço social 

Na hora de escolher a graduação, é comum que surjam dúvidas sobre a estrutura de um curso, principalmente quando este é ofertado a distância. Por isso, vamos te detalhar como funciona o curso de Serviço Social EAD e quais são as principais metodologias aplicadas. 

O que é ensinado em um curso de assistente social EAD? A grade curricular dessa especialidade dispõe de um conteúdo voltado principalmente para as ciências sociais, como Antropologia, Sociologia, Psicologia, Ética, Direito e Economia. Confira algumas matérias que você encontra ao longo do curso:

  • História do Serviço Social;
  • Sistema de Proteção Social;
  • Filosofia e Sociologia;
  • Formação Sócio-Histórica do Brasil;
  • Antropologia Social;
  • Ética, Cidadania e Sustentabilidade;
  • Psicologia Social;
  • Família e Segmentos Populacionais;
  • Política Assistencial;
  • Direitos Humanos;
  • Saúde Pública.

Note que todas elas têm uma característica em comum: o comportamento humano e social. O aluno aprenderá desde os princípios básicos que permeiam uma sociedade até políticas de desenvolvimento e assistencialismo aos cidadãos.

curso de serviço social ead

Como funciona o EAD

O aluno que sonha em ingressar na carreira de assistente social, mas precisa conciliar a vida acadêmica e profissional, pode optar pelo curso de Serviço Social EAD. Geralmente, os cursos dessa área têm duração de quatro anos e contam com todo seu material disponibilizado por meio de uma plataforma online, o que facilita ao ingressante a planejar seus estudos.

Já imaginou estudar no horário que mais se adapta à sua rotina, sem a necessidade de desmarcar compromissos ou largar o trabalho? Uma universidade de qualidade disponibiliza seus conteúdos online 24 horas por dia, além de contar com um corpo docente formado por professores e tutores altamente qualificados para tirar dúvidas e apoiar na formação. Com isso, o aluno consegue planejar sua agenda para estudar quando e de onde quiser.

Outro grande benefício oferecido por boas instituições de ensino é a estrutura física de suas faculdades. Você sabia que, mesmo estudando a distância, é possível utilizar as bibliotecas e laboratórios para absorver ainda mais conhecimento? Dessa forma, você cursa o EAD com uma estrutura de curso presencial – e pode até mesmo participar de eventos que acontecem no campus

O trabalho do assistente social 

Agora vamos falar do mais importante: o que faz e para que serve o profissional de serviço social. A principal característica do assistente social é trabalhar em conjunto com o governo, como uma espécie de elo entre o órgão público e a sociedade. Em um país como o Brasil, onde a desigualdade social não para de crescer, o trabalho do assistente social se torna ainda mais importante.

Este profissional precisa gostar do que faz, afinal são necessárias sensibilidade social e aptidão para o relacionamento humano. É ele quem interage mais diretamente com a realidade da sociedade, ouvindo, planejando e executando serviços básicos de assistência. 

O assistente social desenvolve seu trabalho principalmente na defesa da mulher, da pessoa em situação de rua, do idoso, do negro, do indígena e dos LGBTI+. Ou seja, seu papel é fundamental na defesa dos direitos humanos como um todo. 

Por isso, a profissão demanda cada vez mais profissionais capacitados para atender às mais diferentes demandas e aos problemas intrínsecos em nossa sociedade. É uma excelente carreira para quem quer transformar o meio em que vive num lugar melhor e mais justo para todos.

Áreas em que o assistente social pode atuar

O profissional pode trabalhar em diversas esferas dos serviços de assistência pública, como saúde, educação, previdência social e habitação. Segundo dados do Conselho Federal de Serviço Social, hoje temos mais de 120 mil profissionais de serviço social no Brasil. Com isso, somos o segundo país do mundo com mais profissionais assistentes, atrás apenas dos Estados Unidos.

A quantidade de profissionais no país representa a enorme necessidade de demanda desse serviço nos mais diversos campos da sociedade. Afinal, são inúmeras as áreas onde o assistente social pode atuar. Mas antes, vamos falar das principais funções desempenhadas pelo trabalho deste profissional:

  • Planejamento e coordenação de projetos sociais;
  • Análise da conjuntura social dos bairros de uma cidade;
  • Pesquisas e elaboração de políticas públicas;
  • Atendimento e auxílio a pessoas em situação de rua;
  • Consultoria para ONGs e movimentos sociais; 
  • Apoio a instituições de ensino da rede pública municipal;
  • Orientação a famílias e jovens sobre os direitos do cidadão.

Note que o trabalho do assistente social é essencial para o bom funcionamento da sociedade, seja qual for o tamanho da comunidade ou cidade em que ele atua. Dessa forma, há duas maneiras de desenvolver suas habilidades no campo do serviço social: como autônomo, por meio de consultorias para empresas e órgãos competentes; e como parte de uma equipe multidisciplinar, trabalhando como auxiliar em diferentes setores. 

Esses são alguns dos principais campos de trabalho onde o profissional de serviço social pode atuar em prol do desenvolvimento da população:

  • ONGs, movimentos sociais e entidades filantrópicas;
  • Escolas, creches e universidades;
  • Postos de saúde, hospitais e casas de acolhimento;
  • Defensorias Públicas, Forças Armadas, Secretarias de Segurança Pública.

Mas é preciso ressaltar que o papel do serviço social vai muito além de auxiliar pessoas em situação de vulnerabilidade. Ele é fundamental para levar voz às comunidades e tratar de assuntos relevantes – muitos dos quais esquecidos pelos governantes. Por exemplo, a  fiscalização às violações de direitos humanos.

Situações como trabalho análogo ao escravo, refúgio de imigrantes e até mesmo maus tratos infantis são pautas de extrema importância, que devem ser fiscalizadas com frequência em nossa sociedade. Por isso, a importância do assistente social ganha ainda mais peso na luta pelos direitos civis e sociais.

assistente social ead

Quanto ganha um assistente social

Como essa profissão não possui um piso salarial no Brasil, o valor pago por honorários pode variar. Segundo dados do Salariômetro da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o profissional de serviço social ganha em média R$ 2.528,00, podendo chegar a R$ 5.500. É preciso analisar o contexto da área preterida, o tamanho do órgão e o nível hierárquico dos cargos. 

Importância do assistente social 

Você consegue imaginar quando e por que o serviço social passou a fazer parte da nossa história? A origem da profissão vem da Igreja Católica, ainda em meados do século XIX, coincidindo com o início do processo de industrialização e crescimento da população mundial. 

Já no Brasil, a história passou a ser escrita em 1930, quando o país vivia um período conflituoso nas relações de trabalho. Para dar conta de atender à demanda dos trabalhadores e suas famílias, o governo passou a contar com trabalhos em conjunto com a Igreja para auxiliar as classes mais pobres. Mais tarde, este se tornou um serviço essencial ofertado pelo Estado.

Com o passar dos anos, o serviço social expandiu sua abordagem conforme os contextos histórico e sócio-político do país. Desde os anos 90, o assistencialismo se tornou uma ferramenta importante de luta pelos direitos humanos das mulheres, dos negros e dos LGBTI+, como citado anteriormente neste texto. 

Em 1993, o Conselho Federal de Serviço Social (Cfess) instituiu um novo Código de Ética, que contempla todas as nuances da profissão e o comprometimento com a luta pelos direitos civis e sociais dos cidadãos. Dessa forma, a assistência social se tornou um direito fundamental para a população, segundo a Lei 8.742, de 7 de dezembro de 1993. 

Onde estudar serviço social EAD 

Agora que você já conhece o contexto histórico e a importância do serviço social para a sociedade, além das inúmeras oportunidades ofertadas no mercado de trabalho, é preciso se atentar à instituição de ensino mais adequada para conquistar o tão sonhado diploma. 

 

Na hora de escolher a melhor faculdade para cursar Serviço Social EAD, é preciso levar em conta fatores como a reputação da universidade no mercado de ensino e a metodologia aplicada ao aluno. A faculdade é reconhecida pelo MEC? Há quantos anos ela está no mercado? Qual é seu método de ensino? Preste a atenção em alguns desses itens na hora de escolher a melhor graduação a distância:

  • Reconhecimento e regularização do curso no MEC;
  • História e reputação da instituição;
  • Oportunidades para o mercado de trabalho;
  • Qualidade do material e da metodologia adotada;
  • Qualidade da plataforma online oferecida;
  • Localização do campus;
  • Flexibilidade de horários e contato com os professores.

 

As melhores universidades devem oferecer ensino a distância sem abrir mão de sua estrutura presencial. É importante que o aluno possa usufruir de todos os benefícios da faculdade, independentemente do fato de seu curso ser presencial, semipresencial ou 100% a distância. Outro fator determinante na hora de escolher a melhor graduação EAD é analisar a forma de ingresso para o curso escolhido.

Você tem flexibilidade para agendar sua prova online? É possível utilizar diploma de outra instituição como forma de desconto para a matrícula da nova graduação? A nota do ENEM é utilizada como critério? Tudo isso deve ser levado em conta na tomada de decisão para escolher a faculdade que mais combina com você.

ead serviço social

Vantagens de cursar serviço social EAD

Quando falamos de curso a distância, logo surgem dúvidas para quem sonha em entrar na faculdade. Será que vou dar conta de conciliar vida acadêmica e profissional? Os professores dos cursos EAD dão a mesma atenção ao aluno que os dos cursos presenciais? O diploma vale menos? É mais fácil ou mais difícil para se formar? Vou conseguir emprego? Não se preocupe, porque vamos te tranquilizar agora mesmo e listar as principais vantagens de fazer um curso EAD. 

Flexibilidade de horários

Essa é, sem dúvida, uma das principais vantagens do EAD de Serviço Social. Afinal, sabemos o quanto a rotina pode afetar na hora de decidir entrar ou não na universidade. Deixar de trabalhar para se dedicar a uma graduação é um privilégio que muita gente não pode ter. Portanto, é necessário se atentar à flexibilidade de horários que a graduação a distância disponibiliza ao aluno. 

O EAD de Serviço Social permite ao aluno montar seu próprio cronograma de estudos por meio de uma plataforma de aprendizagem que contém todos os materiais necessários a qualquer horário do dia. Você acessa as aulas de onde e quando quiser, com conteúdos disponíveis 24 horas por dia. Com isso, fica mais fácil assistir às aulas até mesmo aos finais de semana. Aqui, quem decide o melhor horário para se dedicar aos estudos é você.

Interação com professores e colegas

Engana-se quem pensa que estudar a distância impossibilita uma boa relação entre professores e colegas de turma. Uma boa instituição de ensino deve disponibilizar tutores preparados para lidar com o ambiente digital, que estejam disponíveis para tirar dúvidas de maneira clara e eficaz. 

O aluno da UNIFSA, por exemplo, conta com um canal transparente e de fácil acesso aos alunos e professores do curso. É possível trocar informações por meio da própria plataforma digital, ou mesmo por e-mail. A relação de troca acontece diariamente e pode ser complementada no campus da universidade.

O diploma EAD tem o mesmo valor do presencial

O valor do diploma em uma graduação é de suma importância para que o formando entre com o pé direito no mercado de trabalho. Algumas pessoas ficam em dúvida na hora de escolher um curso EAD por imaginar que o certificado online vale menos que o do curso presencial. Isso não é verdade.

Os cursos de graduação a distância seguem as mesmas obrigações legais do MEC impostas às modalidades presenciais. Os diplomas são produzidos no mesmo padrão para todos os cursos, independentemente de serem presenciais ou EAD. Portanto, não se preocupe: seu diploma tem valor.

Relação entre custo e benefício

Outra grande vantagem do EAD de Serviço Social é a relação do custo-benefício. Afinal, um curso a distância demanda menos recursos físicos para a instituição, além de contribuir para que o aluno se desloque menos até a universidade. Tudo isso pesa na hora de somar os gastos, não é mesmo? Por isso, o valor final da graduação fica bem mais em conta.

 

Um EAD de qualidade oferecerá ao aluno uma metodologia ativa, que o incentive a estudar e a participar das atividades práticas e teóricas. Com isso, a relação entre tempo e aprendizado se torna ainda mais vantajosa. 

No fim das contas, o que vale mesmo ao aluno é a maneira como ele se dedicará às aulas e atividades propostas. Invista em um planejamento de estudos que se adapte a seus horários, reserve seu momento diário para ficar por dentro dos materiais e, principalmente, interaja com professores e demais alunos para compartilhar conhecimento. 

Ao escolher a graduação de Serviço Social EAD, você contribuirá não só para um futuro melhor para si mesmo, mas também para uma parte considerável da sociedade, a qual precisa de profissionais que façam seu trabalho com amor e dedicação. 

Ainda com dúvidas sobre como um curso a distância pode afetar na hora de buscar um lugar no mercado de trabalho? Confira nosso texto: Quem faz faculdade a distância consegue emprego?

Cursos de graduação EAD

Veja mais conteúdos da UNIFSA sobre EAD e educação

Acelere sua carreira em TI com um curso de telecomunicações

Você já pensou em aprofundar seus conhecimentos em TI (Tecnologia da Informação) com um curso de telecomunicações? A ...
8 min de leitura

Por que o curso de rede de computadores EAD fará você se destacar

Já pensou em cursar algo que permite uma atuação técnica ligada à tecnologia? Então, conheça o curso de Rede de ...
16 min de leitura

Engenharia de produção: salário, mercado de trabalho e carreira

Você sabe qual o salário da engenharia de produção?
8 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Cursos de graduação EAD